Pesquisar este blog

quinta-feira, junho 15, 2006

...

Ninguém se mexe!

Eu ergo o grito do Amor...

“Liberdade”

Trago no bolso umas palavrinhas que não sei quais!

Não dá a mínima para as belas palavras!

Não fico furiosa com isso!

Minha compleição forte ainda me preserva para você.

Aqui está o teu lugar!

No meu coração!!!

A ti! Um anel!...

Um bracelete!!! Toma!

Um broche de prata!!!

A ti...

Tudo quanto possuo!

Amigos cantem...

Dancemos!

Dancemos a Valsa!

Passo a Passo...

Me dê seu braço!

Sinta o som da Felicidade.

Viva a liberdade!

Viva nossa União...

Na mulher há o corpo e o coração

Escolheste o coração. Homem sábio

Sua sorte está traçada!

Como voa o tempo!

As ruas já se enchem!

Sou poeta!!

Fui a primeira a ouvir seu grito pelo mundo...

É uni seu grito ao meu...

Agora, tenho o coração repleto de Amor.

É quem me tornou assim foi VOCÊ

Lá vem ela...

Mulherzinha apaixonada!!!

Sua hora já passou.

Já tiveste o encontro no tão desejado ninho...

Vens correndo vencida pela ansiedade

Desce correndo e me pergunta...

Vacilas...

Não pronuncia um nome!!!

Poder do meu Amor!

Paciência. A tua hora já passou.

Os meus olhos penetraram por todas as ruas...

A todo o momento!!

Eu, para ter-te, venci o medo

Venci a beleza

Sou tua! Aqui estou...

Celebremos!!!

Um comentário:

Elda disse...

Tutto per il Grande!!