Pesquisar este blog

quarta-feira, maio 10, 2006

De Mahmoud a Bush

Notas tomadas da carta enviada na segunda-feira (8) pelo presidente do Irá Mahmoud Ahmadinejad ao presidente George W. Bush.

... Algumas das contradições e questões, na esperança de que surja uma oportunidade de resolvê-las... Será que um homem pode ser um seguidor de Jesus Cristo, o grande mensageiro de Deus trabalhar para o estabelecimento de uma comunidade internacional unificada --comunidade que Cristo e os virtuosos da Terra um dia governarão, mas ao mesmo tempo determinar ataques contra outros países, causar a destruição de vidas, reputações e posses?
Como essas ações podem ser reconciliadas com os valores expressos no começo da carta e com os deveres para com, e as tradições de, Jesus Cristo, mensageiro da paz e do perdão.

Sobre a criação do Estado de Israel
Outra grande questão que as pessoas perguntam é por que esse regime está sendo apoiado? Será que o apoio a ele acompanha os ensinamentos de Jesus Cristo ou Moisés, ou os valores liberais? Ou devemos entender que permitir aos habitantes originais dessas terras --quer sejam cristãos, judeus ou palestinos-- que determinem seu destino se opõe aos princípios da democracia, aos direitos humanos ou aos ensinamentos dos profetas? Se não, por que existe tamanha oposição a um referendo?

Será que os africanos não têm o direito de perguntar por que sua imensa riqueza --incluindo os minerais-- está sendo saqueada, a despeito do fato de que precisam dela mais do que ninguém?

Uma vez mais, ações como essas correspondem aos ensinamentos de Cristo e aos preceitos dos direitos humanos?

Se os profetas Abraão, Isaac, Jacó, Ismael, José ou Jesus Cristo estivessem conosco hoje, de que maneira julgariam esse tipo de comportamento? Será que teremos um papel a desempenhar no mundo prometido, no qual a justiça será universal e Jesus Cristo estará presente? Será que eles nos aceitariam?

Minha questão básica é esta: Não há uma maneira melhor de interagir com o resto do mundo? Hoje existem centenas de milhões de cristãos, centenas de milhões de muçulmanos, e milhões de pessoas que seguem os ensinamentos de Moisés. Todas as religiões divinas compartilham e respeitam da palavra, ou seja, o monoteísmo ou crença em um único Deus.

De acordo com os versos divinos, fomos todos conclamados a seguir um Deus e a respeitar os ensinamentos dos profetas divinos. Servir a um Deus acima de todos os poderes do mundo e que pode fazer tudo que Lhe aprouver. O Deus que conhece aquilo que é oculto e que é visível, o passado e o futuro, sabe o que transcorre no coração de Seus servos e registra seus feitos. O Senhor que domina os céus, e a terra e o universo são sua corte, e o planejamento do universo é feito por Suas mãos, e transmite aos Seus fiéis a feliz notícia da misericórdia e perdão dos pecados. Ele é o companheiro dos oprimidos e o inimigo dos opressores. O compassivo e misericordioso. O recurso dos fiéis, aquEle que os guia das trevas para a luz. Ele é testemunha da ação de seus fiéis, Ele conclama os servos a serem fiéis e a agirem bem, e pede que se mantenham no caminho da retidão, e que se mantenham inabaláveis. Ele pede aos seus servos que ouçam Seus profetas, e é testemunha de seus feitos. Um mau final caberá àqueles que escolheram a vida deste mundo e O desobedeçam, oprimindo Seus servidores. E um bom e eterno paraíso caberá àqueles que temem sua majestade e não seguem suas inclinações lascivas.

Fui informado de que Sua Excelência segue os ensinamentos de Jesus, e acredita na divina promessa do governo dos bons sobre a Terra. Também nós acreditamos que Jesus era um dos grandes profetas do Todo-Poderoso.

O senhor não acredita que, caso venhamos todos a acreditar em e acatar esses princípios?

http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u95785.shtml

2 comentários:

Lorenzo disse...

Gli insegnamenti di Gesu vanno bene in uno dei due casi:
1. se sei disposto a morire inchiodato sulla croce come lui.
2. se ti serve una teoria per predicare bene e razzolare male.

Elda disse...

I problemi è che molta gente parlano in Gesu e sono malissimo...